dia do geógrafo

O profissional Geógrafo é aquele que consegue integrar os conhecimentos das áreas humanas e exatas, na construção de soluções sistêmicas, visando o equilíbrio sócio, econômico e ambiental, de forma a possibilitar o desenvolvimento local, regional e global de maneira sustentável, inteligente e humana. *Por Grazielle Carvalho

No dia 29 de maio é comemorado o dia do Geógrafo. Também se comemora o aniversário de fundação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), bem como o dia do Estatístico.

Em homenagem a essa categoria profissional, fizemos uma análise para entender onde estão os geógrafos no Brasil e um estudo mais detalhado sobre o geógrafo em Minas Gerais. (Créditos da imagem de capa: obra de arte que foi pintada por Salvador Dalí, chamada “Criança geopolítica observando o nascimento do homem novo”).

O Geógrafo no Brasil

Até a presente data, existem, aproximadamente, 5300 profissionais no Brasil com registro ativo no sistema CONFEA/CREA.

O estado que mais conta com geógrafos cadastrados no CREA é Minas Gerais, com aproximadamente 2200 profissionais, sendo que, destes, 1116 estavam com o registro ativo no ano de 2016, como pode ser visto no gráfico a seguir.

Dados geógrafos

Os Geógrafos estão presentes em todos os estados brasileiros, mas sua maior concentração espacial está na região Sudeste, seguida pela região Sul.

geógrafo Brasil

Fonte: Aprogeo/2014

O Geógrafo em Minas Gerais

Em Minas Gerais, em 2014, havia 8 (oito) Instituições de Ensino Superior (IES) oferecendo o Curso de Bacharel em Geografia, e mais de 40 (quarenta) oferecendo a Licenciatura.

1 UNIFAL-MG Universidade Federal de Alfenas Alfenas
2 PUC MINAS PUC MINAS Belo Horizonte
3 UNI-BH Centro Universitário de Belo Horizonte Belo Horizonte
4 UFMG Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte
5 UFJF Universidade Federal de Juiz de Fora Juiz de Fora
6 UFSJ Universidade Federal de São João del-Rei São João del-Rei
7 UFU Universidade Federal de Uberlândia Uberlândia
8 UFV Universidade Federal de Viçosa Viçosa

A distribuição espacial do geógrafo, contudo, está dispersa no território, com representantes nas Regionais Sul, RMBH, Zona da Mata, Campo das Vertentes, Triângulo e Alto Paranaíba. Podemos verificar um grande vazio geográfico no Norte de Minas no que se refere à presença de IES habilitadas a oferecer o curso de Bacharel, mas isso não significa que este profissional não atue nessa região.

No que se refere ao público que atua profissionalmente como geógrafo em Minas Gerais, a predominância ainda é do publico masculino, mas esse percentual já está se igualando, conforme demonstram os dados cedidos à APROGEO-MG pelo CREA-MG.

Profissionais ativos

Os profissionais ativos no estado de Minas Gerais estão predominantemente localizados em Belo Horizonte (511), seguido por Uberlândia (81), Contagem (53), Juiz de Fora (39), Nova Lima (31) e Viçosa (14). No entanto, existem profissionais em todas as regionais administrativas de Minas Gerais.

Geógrafo MG

gráfico geógrafo gênero

Geógrafo ativo MG

O número de Geógrafos formados que buscam pelo registro no CREA-MG vem se mantendo em uma média de 100 por ano, entretanto este número não representa a totalidade dos profissionais formados. Uma parcela considerável de bacharéis em geografia ainda não possuem o registro profissional, mesmo este sendo obrigatório por lei (6664/1979) para o exercício profissional.

Registro geógrafo x tempo

Fonte: Aprogeo/2014

Percebe-se que, desde 1978, ano em que o geógrafo foi vinculado ao Sistema CONFEA/CREA, a média de ARTs emitidas era em torno de 100 por ano. Houve uma maior procura por este profissional somente a partir do ano de 2005, levando esses profissionais a se vincularem ao sistema. Nesse mesmo período, a média de ARTs subiu para 700 por ano.

No ano de 2011, o CONFEA/CREA mudou a forma de emitir ART. Ainda assim, desde 2011, a média de ARTs emitidas por ano só aumenta, tendo o seu ápice no ano de 2013, com quase 3 mil ARTs emitidas.

De 1979 até 2014 já foram emitidas mais de 15 mil ARTS por geógrafos só no CREA-MG.

ART geógrafo

Fonte: Aprogeo/2104

Obs.: O número de ARTs emitidas no ano de 2014 refere-se apenas ao primeiro semestre de 2014.

Se quiser saber mais sobre Tecnologia e Ensino na Geografia, acesse nosso curso gratuito, ou mantenha-se informado sobre as principais notícias e tendências em Educação e Geografia no nosso blog do GEOeduc.

Geógrafo: Áreas de atuação

Ainda em Minas Gerais, a área que mais emprega o Geógrafo é a de Meio Ambiente, representando 48% das ARTs emitidas, com mais de 7 mil ARTs, o que demonstra a força do Geógrafo na área de Licenciamento Ambiental, sendo as principais Atividades relacionadas a essas ARTs:

Grupo de Atuação: Geógrafos

Área de Atuação: Meio Ambiente

Obra e Serviço: Meio Ambiente

  • RADA – Relatório de Avaliação de Desempenho Ambiental
  • Relatório de Monitoramento Ambiental
  • EIA/RIMA – Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental
  • RCA – Relatório de Controle Ambiental
  • PCA – Plano de Controle Ambiental
  • PRAD – Plano de Recuperação de Áreas Degradadas
  • PCMAT – Plano de Condições Ambientais de Trabalho
  • Outorga de águas superficiais
  • Autorização Ambiental de Funcionamento

Já as ARTs das Atividades (Obra e serviço) de Geografia aparecem em segundo lugar, com aproximadamente 4 mil ARTs.

Grupo de Atuação: Geógrafos

Área de Atuação: Meio Ambiente

Obra e Serviço: Geografia

  • Recursos Naturais
  • Preservação de Recursos Naturais
  • Delimitação e Caracterização de Regiões e Sub-regiões
  • Condições Hidrológicas das Bacias fluviais
  • Zoneamento Geo-Humano Geral
  • Zoneamento Geo-Humano Regional
  • Intercâmbio Comercial Regional
  • Intercâmbio Comercial Interregional
  • Caracterização Ecológica e Etológica da Paisagem
  • Povoamento, Migração e Imigração
  • Colonização e Recolonização de regiões
  • Estruturação e Reestruturação de Sistemas de Circulação
  • Núcleo Urbano e Rural

A terceira área de atuação do Geógrafo é a área de Cartografia, com mais de 600 ARTs emitidas:

Grupo de Atuação: Geografia

Obra e Serviço: Grupo A – Civil

  • Topografia e Planialtimetria
  • Para fins cadastrais
  • Para fins de aerofotogametria
  • Demarcação de Lote
  • Glebas rurais, urbanas e industriais
  • Divisão de Fazenda, Sítios e Chácaras

O Geógrafo e a representatividade

O Geógrafo é o profissional de que a sociedade precisa. Sua capacidade de entender o território de forma sistêmica, inter-relacionando, de forma natural, os ambientes econômicos, ambientais, sociais, culturais e políticos, é uma necessidade, tanto para empreendedores quando na implantação de políticas públicas.

Infelizmente, grande parte das pessoas ainda não tem conhecimento das aptidões e atribuições legais do geógrafo. O imenso potencial desse profissional e do alcance e benefícios de sua atuação passam despercebidos pela maior parcela da sociedade civil, bem como pelo setor público.

Faz-se necessário que a categoria seja vista e notada. É preciso ocupar os espaços nos conselhos estaduais e federais e aumentar a representatividade do profissional em todos os setores da sociedade. É preciso compor equipes multidisciplinares nos trabalhos ofertados pelas empresas e consultorias.

Para tal, convidamos você, geógrafo, a regularizar sua situação com o CREA do seu estado, e a emitir muitas ARTs, compor o seu acervo e atestados técnicos. Só as ARTs e as CATs podem garantir a sua vaga nos trabalhos técnicos. A representatividade é a melhor forma de conseguir a valorização do profissional. Vamos divulgar as nossas habilidades e atribuições, nossas aptidões para atuar em trabalhos multidisciplinares e sistêmicos.

Afinal, isso é a Geografia na prática!

Para acompanhar as novidades da Aprogeo MG, siga-nos nas redes sociais: Facebook Aprogeo e LinkedIn Aprogeo.

Presidente da AprogeoGrazielle Carvalho – Geógrafa, Doutora em Geografia pela UFMG com Sandwich na Iowa State University – Estados Unidos; Conselheira da COPAM e CREA-MG, Presidente da APROGEO-MG. Atuou como Pesquisadora no IPEA, Consultora UNESCO, Professora Convidada da PUC Minas, Professora nos cursos de graduação e pós-graduação em Ecologia, Geografia, Engenharia Civil e Mineração e Analista de GIS na CEMIG. Possui experiência na área urbano-ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: Meio Ambiente (diagnóstico e prognóstico), Simulação de sistemas urbanos e ambientais, Projeção de cenários futuros, Planejamento Urbano e Regional (diagnósticos e prognósticos), IDE (Infraestrutura de Dados Espaciais) e Smart Cities.

Copyright © 2019 – Instituto GEOeduc. Todos os direitos reservados