dados espaciais

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) abre espaço, até dia 20 de março, à participação dos cidadãos na priorização de bases de dados para a revisão de seu Plano de Dados Abertos (PDA). *Por Nara Costa 

Com o objetivo de aprimorar a cultura de transparência pública, o Governo Federal regulamentou, em 2016, a Política de Dados Abertos, buscando promover a publicação de dados continuados em bases de dados de órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional sob a forma de dados abertos.

Para realizar a revisão de seu PDA, o MAPA abriu consulta pública, de 18/02 a 20/03, para perguntar aos interessados quais as bases de dados, do inventário do ministério, o público gostaria que fossem publicadas em formato aberto.

Dados Abertos GPS

O que são dados abertos?

Dados abertos são aqueles que podem ser livremente acessados, utilizados, modificados e compartilhados por qualquer pessoa, estando sujeitos, no entanto, à referência de origem e ao compartilhamento por meio das licenças em que os dados originais foram cedidos. Para satisfazer a essas exigências, o que é feito, normalmente, é a publicação dos dados em formato aberto e por uma licença aberta.

Na prática, a abertura dos dados promove a transparência das instituições, evitando que processos restritivos sejam utilizados para esconder informações.

Nesse sentido, os dados precisam ser facilmente encontrados, em formato compreensível, livre de quaisquer impedimentos legais, para que seja útil.

Leia também: IBGE publica o Manual Técnico de Acesso e Uso de Dados Geoespaciais

Como trabalhar com dados abertos?

O Instituto GEOeduc tem diversos cursos voltados para o trabalho com dados abertos para a realização de serviços de Geoprocessamento, CARRegularização Fundiária, Certificação e Georreferenciamento de Imóveis Rurais, entre outros. Confira todos os cursos disponíveis na plataforma EAD do GEOeduc:

dados abertos

 

Fonte: (O que são dados abertos?).

Nara Cherubino Costa – Graduação com bacharelado em Direito e bacharelado e licenciatura em Letras, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, com especializações em Língua Portuguesa e Língua Inglesa. Tem experiência empresarial no ramo de serviços de Coworking, promovendo a prática do Co-learning, através de parcerias com empreendedores do ramo da educação, de palestras e debates abertos ao público, predominantemente para as áreas de educação e empreendedorismo. Atualmente, trabalha na direção de marketing da Hubse Tecnologia da Informação e do Instituto GEoeduc.

Copyright © 2019 – Instituto GEOeduc. Todos os direitos reservados