dia do geógrafo

Onde está o Geógrafo? Estudo de caso da atuação profissional do geógrafo em Minas Gerais (1979 a 2014)

O profissional Geógrafo é aquele que consegue integrar os conhecimentos das áreas humanas e exatas, na construção de soluções sistêmicas, visando o equilíbrio sócio, econômico e ambiental, de forma a possibilitar o desenvolvimento local, regional e global de maneira sustentável, inteligente e humana.

Por Grazielle Carvalho *

No dia 29 de maio é comemorado o dia do Geógrafo. Também se comemora o aniversário de fundação do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), bem como o dia do Estatístico.

Em homenagem a essa categoria profissional, fizemos uma análise para entender onde estão os geógrafos no Brasil e um estudo mais detalhado sobre o geógrafo em Minas Gerais. (Créditos da imagem de capa: obra de arte que foi pintada por Salvador Dalí, chamada “Criança geopolítica observando o nascimento do homem novo”).

O Geógrafo no Brasil

Até a presente data, existem, aproximadamente, 5300 profissionais no Brasil com registro ativo no sistema CONFEA/CREA.

O estado que mais conta com geógrafos cadastrados no CREA é Minas Gerais, com aproximadamente 2200 profissionais, sendo que, destes, 1116 estavam com o registro ativo no ano de 2016, como pode ser visto no gráfico a seguir.

Dados geógrafos

Fonte: CONFEA/2016

Os Geógrafos estão presentes em todos os estados brasileiros, mas sua maior concentração espacial está na região Sudeste, seguida pela região Sul.

geógrafo Brasil

Fonte: Aprogeo/2014

Se quiser saber mais sobre Tecnologia e Ensino na Geografia, acesse nosso curso gratuito, ou mantenha-se informado sobre as principais notícias e tendências em Educação e Geografia no nosso blog do GEOeduc.

O Geógrafo em Minas Gerais

Em Minas Gerais, em 2014, havia 8 (oito) Instituições de Ensino Superior (IES) oferecendo o Curso de Bacharel em Geografia, e mais de 40 (quarenta) oferecendo a Licenciatura.

1 UNIFAL-MG Universidade Federal de Alfenas Alfenas
2 PUC MINAS PUC MINAS Belo Horizonte
3 UNI-BH Centro Universitário de Belo Horizonte Belo Horizonte
4 UFMG Universidade Federal de Minas Gerais Belo Horizonte
5 UFJF Universidade Federal de Juiz de Fora Juiz de Fora
6 UFSJ Universidade Federal de São João del-Rei São João del-Rei
7 UFU Universidade Federal de Uberlândia Uberlândia
8 UFV Universidade Federal de Viçosa Viçosa

A distribuição espacial do geógrafo, contudo, está dispersa no território, com representantes nas Regionais Sul, RMBH, Zona da Mata, Campo das Vertentes, Triângulo e Alto Paranaíba. Podemos verificar um grande vazio geográfico no Norte de Minas no que se refere à presença de IES habilitadas a oferecer o curso de Bacharel, mas isso não significa que este profissional não atue nessa região.

No que se refere ao público que atua profissionalmente como geógrafo em Minas Gerais, a predominância ainda é do publico masculino, mas esse percentual já está se igualando, conforme demonstram os dados cedidos à APROGEO-MG pelo CREA-MG.

Geógrafo MG

Fonte: Aprogeo/2014

gráfico geógrafo gênero

Os profissionais ativos no estado de Minas Gerais estão predominantemente localizados em Belo Horizonte (511),  seguido por Uberlândia (81), Contagem (53), Juiz de Fora (39), Nova Lima (31) e Viçosa (14). No entanto, existem profissionais em todas as regionais administrativas de Minas Gerais.

Geógrafo ativo MG

Fonte: Aprogeo/2014

O número de Geógrafos formados que buscam pelo registro no CREA-MG vem se mantendo em uma média de 100 por ano, entretanto este número não representa a totalidade dos profissionais formados. Uma parcela considerável de bacharéis em geografia ainda não possuem o registro profissional, mesmo este sendo obrigatório por lei (6664/1979) para o exercício profissional.

Registro geógrafo x tempo

Fonte: Aprogeo/2014

Percebe-se que, desde 1978, ano em que o geógrafo foi vinculado ao Sistema CONFEA/CREA, a média de ARTs emitidas era em torno de 100 por ano. Houve uma maior procura por este profissional somente a partir do ano de 2005, levando esses profissionais a se vincularem ao sistema. Nesse mesmo período, a média de ARTs subiu para 700 por ano.

No ano de 2011, o CONFEA/CREA mudou a forma de emitir ART. Ainda assim, desde 2011, a média de ARTs emitidas por ano só aumenta, tendo o seu ápice no ano de 2013, com quase 3 mil ARTs emitidas.

De 1979 até 2014 já foram emitidas mais de 15 mil ARTS por geógrafos só no CREA-MG.

ART geógrafo

Fonte: Aprogeo/2104

Obs.: O número de ARTs emitidas no ano de 2014 refere-se apenas ao primeiro semestre de 2014.

Geógrafo: Áreas de atuação

Ainda em Minas Gerais, a área que mais emprega o Geógrafo é a de Meio Ambiente, representando 48% das ARTs emitidas, com mais de 7 mil ARTs, o que demonstra a força do Geógrafo na área de Licenciamento Ambiental, sendo as principais Atividades relacionadas a essas ARTs:

Grupo de Atuação: Geógrafos

Área de Atuação: Meio Ambiente

Obra e Serviço: Meio Ambiente

  • RADA – Relatório de Avaliação de Desempenho Ambiental
  • Relatório de Monitoramento Ambiental
  • EIA/RIMA – Estudo de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental
  • RCA – Relatório de Controle Ambiental
  • PCA – Plano de Controle Ambiental
  • PRAD – Plano de Recuperação de Áreas Degradadas
  • PCMAT – Plano de Condições Ambientais de Trabalho
  • Outorga de águas superficiais
  • Autorização Ambiental de Funcionamento

Já as ARTs das Atividades (Obra e serviço) de Geografia aparecem em segundo lugar, com aproximadamente 4 mil ARTs.

Grupo de Atuação: Geógrafos

Área de Atuação: Meio Ambiente

Obra e Serviço: Geografia

  • Recursos Naturais
  • Preservação de Recursos Naturais
  • Delimitação e Caracterização de Regiões e Sub-regiões
  • Condições Hidrológicas das Bacias fluviais
  • Zoneamento Geo-Humano Geral
  • Zoneamento Geo-Humano Regional
  • Intercâmbio Comercial Regional
  • Intercâmbio Comercial Interregional
  • Caracterização Ecológica e Etológica da Paisagem
  • Povoamento, Migração e Imigração
  • Colonização e Recolonização de regiões
  • Estruturação e Reestruturação de Sistemas de Circulação
  • Núcleo Urbano e Rural

A terceira área de atuação do Geógrafo é a área de Cartografia, com mais de 600 ARTs emitidas:

Grupo de Atuação: Geografia

Obra e Serviço: Grupo A – Civil

  • Topografia e Planialtimetria
  • Para fins cadastrais
  • Para fins de aerofotogametria
  • Demarcação de Lote
  • Glebas rurais, urbanas e industriais
  • Divisão de Fazenda, Sítios e Chácaras

O Geógrafo e a representatividade

O Geógrafo é o profissional de que a sociedade precisa. Sua capacidade de entender o território de forma sistêmica, inter-relacionando, de forma natural, os ambientes econômicos, ambientais, sociais, culturais e políticos, é uma necessidade, tanto para empreendedores quando na implantação de políticas públicas.

Infelizmente, grande parte das pessoas ainda não tem conhecimento das aptidões e atribuições legais do geógrafo. O imenso potencial desse profissional e do alcance e benefícios de sua atuação passam despercebidos pela maior parcela da sociedade civil, bem como pelo setor público. Faz-se necessário que a categoria seja vista e notada. É preciso ocupar os espaços nos conselhos estaduais e federais e aumentar a representatividade do profissional em todos os setores da sociedade. É preciso compor equipes multidisciplinares nos trabalhos ofertados pelas empresas e consultorias.

Para tal, convidamos você, geógrafo, a regularizar sua situação com o CREA do seu estado, e a emitir muitas ARTs, compor o seu acervo e atestados técnicos. Só as ARTs e as CATs podem garantir a sua vaga nos trabalhos técnicos. A representatividade é a melhor forma de conseguir a valorização do profissional. Vamos divulgar as nossas habilidades e atribuições, nossas aptidões para atuar em trabalhos multidisciplinares e sistêmicos.

Afinal, isso é a Geografia na prática!

Para acompanhar as novidades da Aprogeo MG, siga-nos nas redes sociais: Facebook Aprogeo e LinkedIn Aprogeo.

Presidente da AprogeoGrazielle Carvalho – Geógrafa, Doutora em Geografia pela UFMG com Sandwich na Iowa State University – Estados Unidos; Conselheira da COPAM e CREA-MG, Presidente da APROGEO-MG. Atuou como Pesquisadora no IPEA, Consultora UNESCO, Professora Convidada da PUC Minas, Professora nos cursos de graduação e pós-graduação em Ecologia, Geografia, Engenharia Civil e Mineração e Analista de GIS na CEMIG. Possui experiência na área urbano-ambiental, atuando principalmente nos seguintes temas: Meio Ambiente (diagnóstico e prognóstico), Simulação de sistemas urbanos e ambientais, Projeção de cenários futuros, Planejamento Urbano e Regional (diagnósticos e prognósticos), IDE (Infraestrutura de Dados Espaciais) e Smart Cities.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *