SIG profissional: entenda qual o seu perfil

No mundo do SIG há diversos níveis de profissionais, desde o iniciante até o especialista. Entenda em que patamar você se encontra Por Eduardo Freitas Analista de Geoprocessamento I, Desenvolvedor, Especialista em Sensoriamento Remoto, Consultor GIS… Hoje, ainda existe muita confusão sobre as habilidades e requisitos de quem trabalha com Sistemas de Informação Geográfica, tanto […]

Continuar lendo


Opinião: Soluções SIG para o caos da Segurança Pública no Rio de Janeiro

Você já pensou como os Sistemas de Informação Geográfica (SIG) podem solucionar o caos da segurança pública presenciada atualmente no RJ? Aqui irei listar 3 soluções para mostrar a potencialidade desta ciência. Me acompanhe até o final. Por Arthur Paiva Provavelmente você já deve ter visto nos noticiários esta semana: a calamidade financeira, pela qual […]

Continuar lendo


Geografia Decisória: Como tomar melhores decisões com dados geográficos

Por Arthur Paiva Tomamos decisão a todo momento em nossas vidas. A habilidade de chegar a uma conclusão ou definição, a respeito de qualquer circunstância, é uma característica a ser aperfeiçoada permanentemente. Assim, o processo de tomada de decisão se configura como uma tarefa delicada na busca por resultados. A geografia é um importante aliado […]

Continuar lendo


Esri lança ArcGIS Pro 2.0. Veja a nossa análise e conheça as novidades!

Por Ivan Leonardi Na primeira quinzena de julho de 2017, a Esri anunciou o lançamento da versão 2.0 do ArcGIS Pro. Pra quem não conhece, o ArcGIS Pro é um programa de Sistemas de Informação Geográfica (SIG) disponível para desktop. Seu diferencial é oferecer uma experiência de trabalho muito mais rápida das informações, permitindo visualizações […]

Continuar lendo


Potencialidades do Sistema de Informação Geográfica no Estudo Ambiental

Veja neste artigo a importância e a potencialidade da utilização do SIG em estudos que envolvem a área ambiental Por Arthur Paiva Em tempos remotos, trabalhar com informações georreferenciadas era uma tarefa para poucos. Os levantamentos de dados geográficos, por exemplo, eram concebidos por meios ultrapassados, além de se utilizar o levantamento direto (em campo) […]

Continuar lendo